JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS

JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS
DE OLHO NO RADAR

terça-feira, 24 de maio de 2016

ABATIÁ: Motociclista morre após bater em caminhão.


Luiz Roberto Marcolino, de 48 anos, perdeu a vida em torno das 17 horas desta segunda-feira,dia 23, no KM 64 da PR-439, perto do local chamado Bananeiras,em Abatiá.
De acordo com informações do cabo Godoi,da Polícia Rodoviária Estadual de Santo Antônio da Platina. O homem conduzia uma Honda CG 150(placa DHI 4539/Ribeirão do Pinhal)e colidiu numa curva na lateral do furgão(placas AEZ 2175/Quatiguá) dirigido por Altair Bigurim,também de 48 anos,que estava acompanhado do filho. Bigurim transporta feijão, batata e cebola e entrega em mercados da região.
Não foi possível precisar as causas, mas tecnicamente foi um abalroamento longitudinal.
Marcolino,que era casado, bateu nas grades perto da cabine do caminhão e perdeu o controle, caindo na rodovia.Partes de sua perna esquerda se espalharam pela pista.A morte foi na hora.
A vítima era do assentamento São Francisco, de Ribeirão do Pinhal. ESTAMOS DE OLHO NO RADAR.
Fonte: Outro Site.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

ABATIÁ: MORTE A FACADAS.





Claudinei Pereira da Silva(foto de boné) de 39 anos,apelidado de Capitão,morreu a golpes de faca no tórax em torno das 13 horas deste sábado, em Abatiá.
De acordo com informações, a vítima estava com Alexandre Rodrigo Rocha Falcone na rua São José dentro do Fiat Palio(IMO-6049/Abatiá),próximo ao cemitério,quando Marcelo Reginaldo Ferreira(foto), rapaz de 20 anos conhecido como Marcelinho chegou com uma faca na cintura.
Os dois discutiram e Capitão levou vários golpes .Falcone tentou intervir e acabou sofrendo lesão na mão, mas foi atendido no hospital local sem risco de morte.
Capitão e Marcelinho têm passagens anteriores pela polícia por tráfico de drogas.
A Polícia Militar foi acionada, controlou a situação e caça o homicida.
É LAMENTÁVEL O QUE ACONTECEU, FICAMOS INERTE DIANTE DESSA SITUAÇÃO CAÓTICA, ONDE MATA-SE POR DROGAS, POR AFINIDADE. INFELIZMENTE O NEGÓCIO É MATAR, FAZER JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS. SEGUNDO INFORMAÇÕES A VÍTIMA FAZIA ESTUFAS NA NOSSA CIDADE. FALANDO EM , CRIMES,AQUI EM SANTA AMÉLIA, HOUVE CORPO QUEIMADO NA BEIRA DO RIO DE UM JOVEM, O ZÉ PRETO QUE DESAPARECEU. É ESSE PESSOAL PRECISA URGENTE DE DEUS NO CORAÇÃO E SEGUIR SEUS MANDAMENTOS. ESTAMOS DE OLHO NO RADAR.
marcelinho1

domingo, 22 de maio de 2016

SANTA AMÉLIA: CARREADOR DA DISCÓRDIA.





Não teve como apurar na íntegra, mas SUPOSTAMENTE o empresário Clayton Taji, teria colocado um obstáculo em um carreador na terra em que arrenda do senhor, conhecido como Mim Pulcinelli. Isso gerou um grande desconforto para outros produtores que utilizam dessa passagem, um desses produtores supostamente teria procurado o prefeito, que ficou de conversar com o empresário para resolver o problema. Segundo informações houve até uma suposta consulta ao Ministério Público. Assim que tivermos o desfecho dessa matéria irei postar, até porque carreador é uma passagem e passagem não pode ter impedimento. O referido empresário planta quase 800 alqueires ou mais, entre propriedade sua e arrendada, uma pequena passagem será que faz tanta diferença assim?. Procurei o senhor Clayton para saber da sua posição e não foi encontrado. O proprietário senhor Mim não houve contato com o mesmo e outros produtores que utilizam também não houve contato dessa SUPOSTA irregularidade. ESTAMOS DE OLHO NO RADAR

sábado, 21 de maio de 2016

BANDEIRANTES: ACIDENTE ENVOLVENDO O AMIGO NENÊ PADILHA












Por volta das 03h00 da madrugada deste sábado (21/05/16), na Rodovia BR 369, em frente ao Supercap Recauchutadora, saída para Santa Mariana, um gravíssimo acidente  tirou a vida de duas pessoas, e movimentou várias ambulâncias do SAMU, Econorte, do município, e também da Santa Casa de Bandeirantes.

Os veículos envolvidos eram um Toyota Corolla, placas DSB-9316 de Bandeirantes, que era conduzido por Mário Cesar Padilha, conhecido carinhosamente como NENE PADILHA, que foi encaminhado para a Santa Casa, e  o segundo veículo  um Ford Escort, placas KFH-6716 de Bandeirantes, que era conduzido por Mateus Aparecido da Cruz ( blusa azul) que veio a óbito no local do acidente.
Outra vítima fatal e que morreu no local foi Paulo Henrique (blusa listrada) de 23 anos que também estava no Escort.
Maria Aparecida Santos, também passageira do Escort foi encaminhada para a Santa Casa de Cornélio Procópio ainda na madrugada em estado grave.
Os outros envolvidos no acidente e que estão internados aqui em Bandeirantes na Santa Casa, são;
Luiz Gustavo Conter, 30 anos
Eduardo Felipe dos Reis Sartório, 18 anos
Renata Souza Guilherma, 34 anos
Valdemir Teodoro, 33 anos
Mário Cesar Padilha, 57 anos
Todos com ferimentos considerados graves, segundo o relatório do Corpo de Bombeiros de Bandeirantes.
FONTE: OUTRO SITE.
Obs: Que Deus tenha compaixão das vitimas e conforte toda a família. ESTAMOS DE OLHO NO RADAR.

terça-feira, 17 de maio de 2016

SANTA AMÉLIA: PASSAGEM DE ESTRADA VICINAL, TEM MURO DA DISCÓRDIA

FT ILUSTRATIVA



Vou adiantar parte dessa matéria teratológica, que está acontecendo na cidade. Um certo agricultor arrendou uma terra, porém o carreador é de livre passagem " ". Acontece que segundo informação o produtor que arrendou, simplesmente fechou esse carreador impedindo outros produtores de passar no local. Amanhã darei os nomes pois farei a matéria completa. Supostamente foi parar até no Ministério Público. ESTAMOS DE OLHO NO RADAR .

A QUEM POSSA INTERESSAR.




Curso Rotinas de Departamento Pessoal (Sábados)


Objetivos:   
  • Aprimorar e adquirir conhecimentos sobre os cálculos de créditos e descontos (rubricas/ eventos) de folha de pagamento, férias, décimo terceiro e rescisão de contrato de trabalho. Tendo como base a CLT.
  • Facilitar ao participante a explicação dos cálculos de créditos e descontos aos colaboradores.
  • Refletir sobre a responsabilidade do profissional de RH na gestão estratégica da empresa, atuando junto aos gestores e colaboradores na prevenção de conflitos e questões trabalhistas.
  • Metodologia : Discussão em grupo, troca de experiências, apresentação dialogada da base teórica seguida pela prática dos cálculos de cada tópico.


Programa:      

1. Conceitos Introdutórios:

Empregador x Empregado, Sindicato Patronal x Sindicato dos Empregados e Convenção Coletiva de Trabalho.
Controle Médico Ocupacional, Contratação - Admissão e Remuneração.
Exercícios práticos.

Módulo especial eSocial (com Shirley Shade):
Conceito.
Identificadores.
Classificação dos arquivos.
Etapas de transmissão dos arquivos.
Impacto nas rotinas de DP.
Cronograma.

2. Jornada de trabalho:

Marcação de ponto, Intervalos, Horas extras e DSR.
Adicional noturno.
Exercícios práticos.

3. Folha de Pagamento (Holerite) e seus eventos:

Remuneração fixa, Remuneração variável, Adicional de Insalubridade, Adicional de Periculosidade, Salário Família e DSR sobre horas extras e comissões.
Incidências de FGTS.
Desconto de INSS, Desconto IRRF, Desconto Vale-transporte, Vale-refeição, Faltas e outros.
Exercícios práticos de elaboração de folhas de pagamento completas de diversos tipos, com os eventos devidamente discriminados, conforme exige a CLT.
Discussão sobre prevenção de passivos trabalhistas através da atuação adequada do Departamento de Pessoal, nos cálculos trabalhistas.

4. Décimo terceiro:

Prazo e parcelas, Admissão no curso do ano, integral e proporcional.
Remuneração variável, horas extras e médias.
Descontos legais.
Exercícios práticos de elaboração de folhas de décimo terceiro completas de diversos tipos, com os eventos devidamente discriminados, conforme exige a CLT.

5. Férias:

Individuais x Coletivas, Período Aquisitivo x Período Concessivo.
Requisitos e Perda do direito, Abono pecuniário, Remuneração fixa e variável.
Descontos legais.
Exercícios práticos de elaboração de folhas de férias completas de diversos tipos, com os eventos devidamente discriminados, conforme exige a CLT.

6. Rescisão:

Documentação, direitos e deveres das partes.
Aviso prévio – tipos, remuneração, prazos.
Tipos de Rescisão conforme:
Tipo de contrato de trabalho: tempo determinado e tempo indeterminado.
Tempo de duração do contrato: mais de um ano e menos de um ano.
Iniciativa de demissão: pedido de dispensa e dispensa pelo empregador.
Motivo: com justa causa e sem justa causa.
Exercícios práticos de elaboração de Termos de Rescisão de Contrato de Trabalho completas de diversos tipos, com os eventos devidamente discriminados, conforme exige a CLT.

Currículo resumido da facilitadora :
Francine Voos - Administradora, Pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas pela PUC/PR. Atuou  em recursos humanos, do Depto. Pessoal até os demais subsistemas de RH, desde a estruturação de um departamento de RH até o desenvolvimento de treinamentos. Atua como facilitadora na Self desde 2015.

Inclui: 
  • Apostila Impressa que você receberá no primeiro dia do curso.
  • Lápis, Borracha e Pasta para organizar os materiais.
  • PDF por e-mail após cada aula, resumida em PowerPoint.
  • Impressos para atividades práticas, Tabelas, Modelos de Impressos e Planilhas.
  • Atividades para fazer em casa (não obrigatório).
  • Oportunidade de networking qualificado com profissionais da área.
  • Tira-dúvidas por e-mail com a Facilitadora: Acompanhamento e suporte gratuito por e-mail aos participantes pelo período de trinta dias após o curso.
  • Certificado  que pode ser usado como hora extracurricular em instituições de ensino, concursos públicos, formação complementar em programas de cargos e salários e prova de títulos. ATENÇÃO: Certificado entregue mediante presença em no mínimo 75% do treinamento.
Para fazer sua matrícula ou encaminhar um colaborador, clique aqui:

  

Informações e Inscrições:
(41) 3029-9676
(41) 9704-0155

informativo@selftreinamentos.com.br
  

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Consumidor e empresas podem renegociar dívidas pela internet na 3ª Semana Nacional de Educação Financeira.


a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ), em ação conjunta com a Serasa, o Banco Central do Brasil, o Sebraea Febraban, realizará na 3ª Semana Nacional de Educação Financeira, entre os dias 16 e 30 de maio, uma grande ação de renegociação de dívidas em todo o Brasil. A iniciativa permitirá que o cidadão, Microempreendedor Individual (MEI), Micro e Pequenas Empresas façam a renegociação de suas dívidas com instituições financeiras sem sair de casa ou do escritório. O caminho para o cidadão e o MEI renegociarem é a plataforma www.consumidor.gov.br. Já as companhias podem acessar o Limpa Nome Online Empresas da Serasa pelo linkwww.limpanomeempresas.com.br.

terça-feira, 3 de maio de 2016

SANTA AMÉLIA: FAMÍLIA CAI EM ARMADILHA (CONTO DO VIGÁRIO)



Ontem por volta das 11 horas da manhã, um casal , que por questões éticas não direi o nome, foi até uma agência Bancária, para transferir 1.200 à um golpista que falava com a vítima ao telefone dizendo que precisava desse depósito para ver se a conta dela suportava o premio que era de 70.000,00. Ainda não contente disse a vítima que esse valor ele não tinha como medir se a conta dela suportaria 70.000 reais. Esse golpe envolveu uma operadora de telefonia, que percebendo o golpe um  morador da cidade resolveu ajudar a vítima e foram até a delegacia local, porém os $ 1.200,00 reais já era. Prestem atenção se vc receber algo dizendo que foi sorteado, primeiro passo: verifique se vc ou alguém da sua família se inscreveram em algum sorteio e se confirmada a inscrição checar os dados do local onde foi feito. Resumo esse casal só não perdeu mais dinheiro porque não tinha, o golpista queria 3 parcelas do valor. A sorte é que sempre tem alguém que se interessa pelo seu semelhante e na hora desconfiou do golpe e chegou até a falar com o bandido que o agrediu verbalmente. Após isso foram até a delegacia local lavrar um BO.  ESTAMOS DE OLHO NO RADAR.

terça-feira, 26 de abril de 2016

GOLPE DO DPVAT

Doze pessoas foram presas nesta terça-feira (26) durante a “Operação Ressurreição”, deflagrada para desarticular uma quadrilha suspeita de aplicar golpes para obter o seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) e driblar o rodízio de empresas funerárias em Curitiba. 

Entre os presos estão donos de funerárias, motoristas do Instituto Médico Legal (IML) e empresários. 

As pessoas detidas serão indiciadas pelos crimes de associação criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva, estelionato e falsidade ideológica. 

Além deles, um médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Colombo, um advogado e um gerente de banco foram alvos de mandados de condução coercitiva – quando a pessoa é levada para depor na delegacia. 

Em 14 mandados de busca e apreensão, além de vasta documentação, foram apreendidas cinco armas e mais R$ 4,8 mil. Entre os suspeitos há dois agentes funerários – um deles está foragido e o outro foi preso em flagrante porque uma arma foi encontrada em seu poder durante o mandado de busca. 

A investigação foi conduzida pelo Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce) e a operação aconteceu em Curitiba, Almirante Tamandaré, Colombo, Pinhais, Piraquara e Ponta Grossa, contando com a atuação de 60 policiais. 

“Alguns dos suspeitos são funcionários públicos e deveriam zelar pela administração pública. Casos esses servidores sejam concursados, a Secretaria da Segurança Pública vai abrir um procedimento administrativo que pode resultar até na expulsão do servidor. Nossa gestão não vai compactuar com desvios de conduta”, afirmou o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita. 

CRIMES – Os investigados passavam o dia, e especialmente a madrugada, atrás de corpos de vítimas de acidentes de trânsito ou morte natural. Para isso, corrompiam motoristas do IML para que eles fornecessem informações privilegiadas e em tempo real dos óbitos ocorridos na Capital, Região Metropolitana e em Ponta Grossa. 

Para cada “corpo”, a quadrilha oferecia R$ 700 aos motoristas do IML. Dos quatro funcionários do Instituto investigados, pelo menos dois deles usam aparelhos celulares em nome dos suspeitos, e pagos por eles, uma forma de facilitar o repasse das informações. 

De acordo com a polícia, os dados privilegiados chegavam até a quadrilha também através de socorristas do Siate, sendo que, por ora, na investigação, não há indícios de que estes socorristas receberam dinheiro da quadrilha. 

De posse das informações sobre o morto, os integrantes da quadrilha faziam contato com os familiares para obter deles procurações para dar entrada no seguro DPVAT, cujo valor pode chegar até R$ 13,5 mil. Uma pequena parte deste dinheiro era repassada às famílias dos mortos e o restante ficava com a organização criminosa. A alegação era de que o restante era gasto nas despesas do enterro. 

Nos casos de mortes naturais, após serem informados pelos motoristas envolvidos, integrantes da quadrilha ligavam para o IML se passando por parentes da vítima e cancelando o atendimento do Instituto. A quadrilha, então, acionava um médico da UPA de Colombo para atestar o óbito e direcionar o serviço funerário para as empresas ligadas ao esquema. A polícia investiga se o médico, que foi conduzido coercitivamente, era conivente com os criminosos ou se foi uma vítima desta quadrilha. 

“Os investigados utilizam todo tipo de artimanha para enganar parentes das vítimas, se aproveitando, obviamente, do momento de fragilidade que estas se encontram. Nos casos de morte natural, inúmeras são as conversas onde eles se passam por policiais militares e também por servidores do IML, visando direcionar o sepultamento para funerárias 'parceiras', onde eles ganham uma comissão, fraudando documentos para essa finalidade”, explicou o delegado do Nurce, Renato Bastos Figueroa. 

Um dos documentos falsificados foi um Boletim de Ocorrência no qual um dos suspeitos tentou fraudar a morte do próprio pai. O suspeito chegou a fazer um Boletim de Ocorrência em 25 de fevereiro de 2015, comunicando a morte do pai, vítima de atropelamento. Para a surpresa dos investigadores, o “morto” apareceu em uma das conversas interceptadas, autorizadas pela Justiça. 

Em outra conversa interceptada com autorização judicial, outro integrante da quadrilha se passa por um oficial do Exército para tentar aplicar o golpe. Ele liga para um familiar de um dos soldados que morreu num grave acidente em 19 de janeiro de 2016, na PR-412, em Coroados, próximo à entrada de Guaratuba, no Litoral do Paraná. O golpe não foi consumado porque um oficial do Exército chegou ao IML e a quadrilha desistiu. 

“Há meses, a Polícia Civil investigava essa quadrilha, que fraudava documentos e enganava familiares dos mortos em um momento extremamente difícil, em razão da perda de um familiar, e acabava auferindo lucros enormes. Agora, os envolvidos estão presos, vários mandados foram cumpridos e o inquérito deverá ser concluído no prazo legal”, afirmou o delegado-geral da Polícia Civil, Julio Cezar dos Reis. 

INVESTIGAÇÃO – O trabalho da polícia começou em julho de 2015, após representantes do IML comunicarem irregularidades na liberação dos corpos de duas pessoas. Em um dos casos, os registros sobre o óbito de uma mulher teriam desaparecido do Instituto, sendo ela enterrada no município da Lapa, através do esquema montado pela quadrilha. 

“Após um mapeamento interno dessas irregularidades por parte da direção do IML e da Polícia Científica, a denúncia foi entregue à Polícia Civil, que fez todas as diligências necessárias”, explicou o diretor-geral da Polícia Científica do Paraná, Hemerson Bertassoni Alves. 

Outro caso envolve um homem declarado morto pelo próprio filho, que foi induzido pelos golpistas. O crime não se consumou porque a seguradora desconfiou das informações repassadas. 

De acordo com as investigações, os mentores do esquema criminoso contavam com a ajuda dos motoristas do IML, donos de um despachante e de funerárias que funcionavam na Região Metropolitana de Curitiba. 

A polícia investiga o suposto envolvimento de um médico da UPA de Colombo, que atestou o óbito de algumas pessoas, de um advogado e de um funcionário de um banco que repassava informações de contas bancárias de terceiros. Os três foram conduzidos coercitivamente para prestar depoimento. 

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: 
http:///www.facebook.com/governopr  ewww.pr.gov.br

quarta-feira, 20 de abril de 2016

PARANÁ: TEVE DEPUTADOS QUE VOTARAM CONTRA A DILMA E RECEBERAM VÁRIOS BENEFÍCIOS DO GOVERNO FEDERAL CUSPIRAM NO PRATO QUE COMERAM.



O deputado mais votado em Santa Amélia votou contra a presidenta Dilma, ele foi apoiado pelo Jarbas, que aliás o PV votou contra a Dilma em peso. O resultado disso; CUNHA PRESIDENTE.
Veja a matéria: Ministério da Integração Nacional

Assessoria de Comunicação Social

Governo federal autoriza repasse de R$ 2,7 milhões para Rio Azul, no Paraná

Recursos da Defesa Civil Nacional serão destinados à recuperação de danos causados por chuvas
 intensas
Brasília-DF, 20/4/2016 - O Ministério da Integração Nacional (MI), por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), autorizou o empenho e a transferência de R$ 2.709.391,96 para o município de Rio Azul, no Paraná. Os recursos são destinados à execução de obras para recuperação de danos causados por chuvas intensas.
Aportaria 98 da Sedec está na edição desta quarta-feira (20) do Diário Oficial da União.

Cuspiu no prato que comeu.