JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS

JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS
DE OLHO NO RADAR

BEM VINDOS

SEJAM BEM VINDOS, AO BLOG DO JORNALISTA WLAMIR(CHINA) DO JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS, ONDE SUA PARTICIPAÇÃO É DE GRANDE IMPORTÂNCIA, SEJA UM SEGUIDOR DO BLOG.

terça-feira, 10 de julho de 2012

ABATIÁ: MORADOR DO BAIRRO RIBEIRÃO GRANDE DESABAFA.


LOCAL ONDE PAI E FILHO ENTRAM PARA DESENTUPIR AS MANILHAS.

ALGUNS GALHOS TRAZIDOS PELAS CHUVAS

CHUVA ARRASTOU METADE DA ESTRADA

MORADOR INDICA  ONDE ELE E O FILHO DESENTOPEM AS MANILHAS.

MARCAS DA ÁGUA


O Morador do Bairro Ribeirão Grande, divisa com o município de Santa Amélia, desabafa a nossa reportagem. O senhor Donizete esta passando pela quarta vez o mesmo problema. " Eu e meu filho cansamos de desentupir as manilhas quando ocorre muita chuva, existem vários problemas que causam transtorno a minha família e causam também insegurança. o curso do ribeirão tem que ser mudado em linha reta, hoje ele faz uma curva, curva essa que quando a natureza resolve mandar chuva as águas formam uma espécie de redemoinho e invade meu terreno e minha casa, como mostra a foto. Depois da tempestade a prefeitura de Abatiá, vem e joga terra tampando os buracos, mas deixando os problemas sem solução, até quando iremos conviver com estes transtornos, será que eu vou ter que fazer minha casa em outro lugar? ou será que tenho que abandonar minha propriedade? Não sou engenheiro e nem arquiteto, mas o unico jeito que entendo de resolver o problema é a construção de uma ponte, eliminando de vez essas manilhas que de nada estão servindo quando chove muito. Chamei a reportagem do Jornal Caderno de Notícias, para ver a situação e até onde a água chegou, sei que choveu acima da média, mas não posso colocar em risco a vida da minha família, peço as autoridades competentes que solucionem de vez o problema, sou eleitor de Santa Amélia, mas os impostos todos são pagos em Abatiá, e não é possível que  não consigam resolver um problema dessa invergadura." afirmou indignado a nossa reportagem o morador Donizete. ESTAMOS DE OLHO NO RADAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário