JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS

JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS
DE OLHO NO RADAR

BEM VINDOS

SEJAM BEM VINDOS, AO BLOG DO JORNALISTA WLAMIR(CHINA) DO JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS, ONDE SUA PARTICIPAÇÃO É DE GRANDE IMPORTÂNCIA, SEJA UM SEGUIDOR DO BLOG.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Pequenas empresas poderão se abastecer online através do MercadoPME

Iniciativa pioneira de comércio eletrônico B2B se posicionará como um "Alibaba Brasileiro"
16 de Abril de 2015 - O MercadoPME (www.mercadopme.com) foi anunciado como a iniciativa que irá permitir que pequenas e médias empresas (PME) brasileiras comprem online diretamente de fabricantes e atacadistas os produtos que comercializam em seu dia a dia, em vários dos principais segmentos do varejo. No lançamento, o MercadoPME já terá como participantes grandes empresas como a Hypermarcas, Disney e Whirlpool (que detém marcas como Brastemp e Consul), que irão se beneficiar da expansão de seus pontos de venda. Este primeiro marketplace B2B no país é conduzido pela Brasil/CT, empresa líder em operações de full-commerce.
Com investimentos projetados de R$ 15 milhões no primeiro ano de operação, a iniciativa se propõe a ser um "Alibaba Brasileiro", fazendo referência ao maior marketplace multissegmentos B2B no mundo, o Alibaba chinês. "O Alibaba é muito significativo como ponte para as empresas fornecedoras na China. O MercadoPME, por sua vez, será uma importante ponte entre as PMEs brasileiras e os fornecedores destas no Brasil", explica Marcos Wettreich, CEO da Brasil/CT. "Teremos a participação de muitas das mais importantes empresas que possuem B2B online em operação no país, que irão se beneficiar desta oportunidade para maximizar suas vendas. Já em 2016 estes parceiros deverão ofertar em conjunto mais de cem mil produtos no MercadoPME".
As pequenas e médias empresas terão várias vantagens, como a oportunidade de comprar diretamente dos fabricantes ou distribuidores, sem volume mínimo e com frete grátis, além de poderem ter financiamento facilitado via agentes financeiros parceiros da iniciativa. Quanto aos vendedores, estes terão acesso a compradores em regiões hoje não atendidas, além de viabilizar vendas de lotes fragmentados, apoio do financiamento de vendas aos pequenos compradores, e também pela viabilização de um canal de relacionamento direto através do próprio marketplace. A oportunidade de expansão de canal de vendas para as empresas vendedoras é significativa, uma vez que pesquisa desenvolvida para a iniciativa apontou a existência de mais de 845 mil empresas potenciais compradores no Brasil passíveis de compra em um marketplace com as carcterísticas do MercadoPME.
Os fornecedores e compradores interessados em fazer parte deste marketplace já podem se cadastrar no site www.mercadopme.com.br.
Um canal adicional que deverá catalisar a adoção do MercadoPME desde o lançamento será composto por mais de 30 mil pontos de venda atendidos pela DINAP (empresa do Grupo Abril responsável pela distribuição das principais revistas em circulação do país). A partir do lançamento do MercadoPME, a Dinap viabilizará que todas as bancas de jornal e seus varejos atendidos possam comprar diretamente e exclusivamente do MercadoPME, otimizando e aumentando o escopo de produtos comercializados em todos os pontos de venda atendidos pela Dinap.

Nenhum comentário:

Postar um comentário