JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS

JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS
DE OLHO NO RADAR

BEM VINDOS

SEJAM BEM VINDOS, AO BLOG DO JORNALISTA WLAMIR(CHINA) DO JORNAL CADERNO DE NOTÍCIAS, ONDE SUA PARTICIPAÇÃO É DE GRANDE IMPORTÂNCIA, SEJA UM SEGUIDOR DO BLOG.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

PARANÁ VIRA CANTEIRO DE OBRAS, COM VERBAS DO GOVERNO FEDERAL.

Cidades de todas as regiões do Paraná foram selecionadas para receber verbas do Governo Federal para pavimentação e saneamento. O anúncio feito pela presidente Dilma Rousseff, com o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, somam R$ 10,5 bilhões em obras em todo país. Os investimentos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). No Paraná, 98 cidades foram selecionadas na área de pavimentação que juntas somam quase R$ 320 milhões em financiamento.
As cidades do Paraná vão receber valores entre R$ 1 milhão e R$ 30 milhões via financiamento. A soma das maiores cidades do Estado passa de R$ 110 milhões. Na região metropolitana de Curitiba por exemplo Araucária receberá R$ 6,4 milhões; Almirante Tamandaré R$ 10,3 milhões; São José dos Pinhais R$ 15,2 milhões. Na região Norte Londrina, Maringá e Apucarana receberão juntas mais de R$ 30 milhões. Já Foz do Iguaçu receberá R$ 9,5 milhões, enquanto Guarapuava R$ 18,7 milhões; Ponta Grossa R$ 4,9 milhões; Campo Mourão R$ 6,5 milhões; Guaíra R$ 4,9 milhões; Toledo R$ 5,2 milhões e Umuarama R$ 5 milhões.
“O trabalho do Governo Federal fará uma grande diferença na realidade urbana de 98 cidades em todas as regiões do Paraná. Vamos levar asfalto e recapeamento para mais de 7,5 mil quilômetros em todo o País”, comemora André Vargas, atual primeiro-vice-presidente da Câmara, e um dos principais articuladores dos programas federais junto a ministros. O deputado também tem feito o trabalho de “ponte” para orientar as prefeituras para que os cadastros sejam bem elaborados.
“Com esse apoio as cidades não perdem prazos, e recebem orientação do gabinete do André Vargas sobre os trâmites burocráticos necessários para as devidas aprovações juntos aos ministérios”, afirma Beto Preto, prefeito de Apucarana.
No entanto, muitas cidades não foram contempladas nesta fase do PAC 2. “Isso se deve em alguns casos a incapacidade de endividamento, ou mesmo a pendências junto a órgãos como Tribunais de Contas. Estamos trabalhando para que essas cidades também sejam contempladas. Nossas equipes já estão em contato com as prefeituras que ficaram de fora para que nas próximas etapas recebam os recursos”, afirma André Vargas.
R$ 665 bilhões – É quanto já foram investidos pelo PAC 2 segundo o Ministério do Planejamento no período de entre janeiro de 2011 e 31 de agosto de 2013 em todo o País, o que representa 67, 2 % do previsto.
Segundo a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, o PAC 2 prevê 20 anos de prazo para pagamento , com carência de quatro anos. “É uma modalidade nova e os prefeitos têm elogiado. Com o financiamento do PAC conseguimos valorizar as cidades e melhorar ainda mais a infraestrutura”, afirmou a ministra.
Em saneamento, o montante selecionado para o financiamento no Paraná foi de R$ 415,5 milhões. As propostas selecionadas da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) serão para obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário.
As cidades de Sarandi e Tijucas do Sul também foram selecionadas para o programa e receberão R$ 32,7 milhões em recursos a fundo perdido para projetos de esgotamento sanitário.
Veja todos os municípios selecionados e os valores:
https://docs.google.com/spreadsheet/ccc?key=0AnXE8jSPfsRDdE9nM2V1cDYxQWFzazRHMUx4VmtFcWc&usp=sharing
As fotos já estão todas no Google + no link:
https://plus.google.com/u/0/photos/117492396687956805933/albums/5938352688335311569

Nenhum comentário:

Postar um comentário